Peter Paiva no Shark Tank

Peter Paiva antes do Shark Tank

A empresa vende matéria-prima para saboaria artesanal. O Peter Paiva tem outras empresas na mesma área. Uma vez por ano vende em uma grande feira. No último ano, fez fila e vendeu 90% de 7 toneladas de produtos. Tem mais de 2000 produtos catalogados e a comprovação de que é um produto que vende.

Apresenta o programa Tudo Artesanal, da TV Aparecida.

Como foi no Shark Tank

Peter Paiva quer um investimento de 500 mil por 20% da empresa, com a garantia de devolução do valor mais 40% em dois anos. Há 16 anos ele aprendeu a fazer o produto e teve a oportunidade de levar o produto para um dos maiores canais de televisão e ensina as pessoas pela TV. Tem uma marca com crédito e segurança.

Nos 16 anos, aperfeiçoou a montagem de vitrines, viajou o mundo estudando as possibilidades.

Kate se apresenta, irmã do Peter, faz a parte de logística e gestão, explica que o Peter quer entrar na área de sabonetes.

A empresa já está constituida, tem 4 lojas e 25 pontos de venda.

Trouxe amostras do produto para os tubarões.

Cris inicia a conversa, perguntando sobre as matérias-primas usadas. Peter conta que são essências, uma base glicerinada da Europa, trouxe a formulação em parceria com uma indústria. Tem parceria com indústrias de perfume, corantes e ativos vegetais.

Camila pergunta se o diferencial é a matéria-prima, Peter explica que o diferencial é a criação, tem mais de 2000 produtos catalogados.

Sorocaba quer saber sobre o preço de venda dos produtos prontos. A empresa não vende o produto pronto nas lojas. Serve apenas de vitrine. Ele só dá a ideia para as pessoas.

Os tubarões ficam em dúvida sobre o que está sendo negociado. Se são todos os produtos do Peter Paiva ou apenas as lojas que ele está montando.

Peter está negociando apenas a Peter Paiva Saboaria Exclusiva. Não quer envolver a loja, porque ele não quer aumentar as lojas, já está satisfeito desse tamanho. Contou tudo isso para mostrar que já tem acesso ao público.

A saboaria tem produtos que o mercado de cosmético busca e não consegue desenvolver.

Shiba e Sorocaba querem envolver as lojas na negociação. Cris não entendeu o que está sendo negociado. Os três saem da negociação.

Mesmo assim, Cris continua interessada. Convida o Shiba para a negociação, para ajudar na expansão das franquias. Fazem em conjunto a proposta de 500 mil para receber em dois anos com 40% de lucro. Se o Peter não conseguir pagar, eles recebem 30% do outro negócio do Peter Paiva.

João quer associar Peter Paiva com a Be Emotion, outra empresa dele. Pergunta também se a empresa está preparada para aumentar volume de vendas. Faz proposta de 500 mil por 50%, para relacionar o Peter Paiva com a empresa que o João já tem.

Após Peter e Kate conversarem, recusam a proposta do Shiba e da Cris, por não considerar uma grande proposta.

Gostou da proposta do João Appolinário, mas faz contra-proposta de 40%. João não aceita e eles fecham negócio de 500 mil por 50%.

Como comprar os produtos?

Os produtos Peter Paiva estão disponíveis na loja virtual e em lojas e pontos de venda.

A Be Emotion é vendida na Polishop, mas a associação com os produtos Peter Paiva ainda não foi feita.